top of page

Dinâmica Global: PIB Japonês e Expectativas do Fed Impulsionam Mercados

O mercado financeiro global testemunhou uma agitação positiva nesta quinta-feira, 15 de fevereiro, marcada por uma retomada parcial das atividades no Brasil após o feriado e por movimentações significativas nos mercados internacionais. Diversos acontecimentos contribuíram para esse cenário, com destaque para o desempenho do Produto Interno Bruto (PIB) japonês e as expectativas em torno das futuras ações do Federal Reserve (Fed) dos Estados Unidos.

Desempenho Asiático e o PIB Japonês

As bolsas asiáticas fecharam majoritariamente em alta, impulsionadas pela divulgação do PIB japonês, que afastou preocupações com mudanças na política monetária do país. O índice Nikkei 225, do Japão, foi um dos destaques, fechando acima dos 38 mil pontos pela primeira vez desde 1990, após a contração do PIB japonês indicar uma recessão técnica menos severa do que o esperado. Esse movimento reflete uma reação otimista dos investidores às políticas econômicas e monetárias japonesas, mesmo diante da perda do título de terceira maior economia mundial para a Alemanha.

Expectativas nos Estados Unidos

Nos Estados Unidos, os índices futuros apontaram para leves ganhos, refletindo a ponderação dos investidores sobre a capacidade do Fed de controlar a inflação sem prejudicar a economia, que tem apresentado sinais positivos. A expectativa gira em torno da divulgação de dados importantes, como as vendas no varejo de janeiro e os pedidos semanais de seguro-desemprego, que podem influenciar as próximas decisões do Fed.


  • Dow Jones Futuro: +0,18%

  • S&P 500 Futuro: +0,15%

  • Nasdaq Futuro: +0,09%


Mercados Europeus e o PIB do Reino Unido

Na Europa, os mercados também operaram em alta, com os investidores avaliando os números do PIB do Reino Unido no quarto trimestre de 2023. A economia britânica contraiu 0,3%, entrando em recessão técnica, o que gerou cautela e atenção às políticas econômicas futuras na região.

Commodities e o Mercado Brasileiro

No cenário das commodities, o petróleo apresentou uma leve queda, com o WTI a US$ 76,49 o barril e o Brent a US$ 81,54 o barril. No Brasil, a agenda econômica inclui a divulgação do Boletim Focus semanal e os dados do fluxo cambial semanal, elementos que podem oferecer insights adicionais sobre a direção da política monetária nacional.

Este panorama global destaca a interconexão dos mercados e a importância de acompanhar os desenvolvimentos econômicos e políticos internacionais. Investidores e analistas permanecem atentos às movimentações do Fed e às dinâmicas econômicas em regiões-chave como Ásia e Europa, buscando antecipar tendências e ajustar estratégias de investimento.

12 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page